Forte dos Andradas-Ponto Turistico.


Localizado na Ponta do Monduba, no municipio do Guarujá, litoral de São Paulo, o Forte dos Andradas, inicialmente denominado Forte de Munduba, cujo significado é uma corruptela de Mônduba, ruído barulhento provocado pelo choque estrondoso das ondas nos penhascos, foi a última grande estrutura defensiva fixa erguida no país, compondo em conjunto com o Forte de Itaipu, em Praia Grande, a defesa do acesso à barra do Porto de Santos, na época o maior porto exportador do Brasil, superando inclusive o Porto do Rio de Janeiro.

Embora o seu projeto datasse de 1934, sua construção teve início apenas em 1938, sob a direção do seu projetista, o Tenente-Coronel de Engenharia João Luiz Monteiro de Barros.

O Forte dos Andradas foi inaugurado em 10 de novembro de 1942, em plena Segunda Guerra Mundial (1939-1945), sendo denominado oficialmente como Forte dos Andradas pelo Decreto nº 5.002, de 27 de novembro de 1942, em homenagem aos irmãos José Bonifácio, Antônio Carlos e Martim Francisco de Andrada e Silva, importantes personagens do cenário político brasileiro, nos tempos do primeiro império e do período regencial.

Atualmente abriga a 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, constituindo-se num dos mais belos pontos turísticos do Guarujá de onde podem ser vistas as praias do Guarujá e a baía de Santos.

Totalmente embutido na rocha, é composto de um complexo sistema de túneis, câmaras e elevadores, com quatro obuseiros (peça de artilharia parecida com um canhão) de 280 mm camuflados no topo pela Mata Atlântica, a trezentos metros do nível do mar. Enquanto o seu Quartel de Guerra se situa na ponta de Munduba, o Quartel de Paz situa-se na praia de mesmo nome.

Desativado, como integrante do Sistema de Defesa da Costa Brasileira, abriga o quartel general do sistema atual de defesa Antiaérea e de costa das regiões Sul e Sudeste do Exército Brasileiro. Esta fortaleza subterrânea é vista como um grande monumento da arquitetura e da engenharia militar brasileira.

Seu acesso por terra é feito por uma estrada pavimentada e bem conservada.

Aberto ao público desde janeiro de 1994, as visitas podem ser feitas nos finais de semana e feriados não-chuvosos, das 10:00 às 17:00, com condução e guia cedidos pelo próprio Forte dos Andradas, mediante ingresso.