Praia do Tombo será qualificada pelo certificado Bandeira Azul


A Bandeira Azul é uma denominação atribuída anualmente pela Fundação para a Educação Ambiental (FEE) a praias e marinas que cumpram um conjunto de requisitos de qualidade da água, informação e educação ambiental, conservação do meio-ambiente local, segurança, serviços e infra-estrutura de apoio. Os locais distinguidos ficam autorizados a ostentar a bandeira oferecida pela FEE durante a época balnear, e pode, portanto, ser considerado um símbolo de garantia de qualidade de uma praia ou marina.

A certificaçao internacional de Bandeira Azul, possui a validade de um ano, por isso, para que seja renovada, a praia ou a marina deve se conservar de acordo com os pré-requisitos exigidos pela FEE, afim de conseguir a renovaçao do certificado.

De acordo com informações do Ministério do Turismo, em dezembro de 2006, a Praia do Tombo em Guarujá, uma faixa de areia de 836 metros, considerada um reduto de surfistas, foi oficialmente incluída no projeto-piloto de certificação internacional de Bandeira Azul.

Para as obras necessárias para a qualificação da Praia do Tombo serão investidos R$ 410.000,00 e os recursos foram garantidos através de contratos de repasse para investimentos em Guarujá.

Os recursos destinados à Praia do Tombo serão utilizados em obras de acessibilidade geral, melhorias na infra-estrutura e também para o acesso dos automóveis, construção de banheiros públicos, sinalização e instalação do Centro Azul, onde funcionará um centro de informações turísticas do município e a sede do comitê gestor da praia. Esse comitê será formado por representantes do poder público e pela comunidade e acompanhará depois de concluídas as obras, a manutenção das boas condições da Praia do Tombo.

As praias que disputam a certificação são avaliadas por um júri internacional e atualmente, 3,3 mil praias e marinas do mundo possuem o certificado de Bandeira Azul, que é valorizado por ser uma garantia de que a praia oferece boas condições de balneabilidade, qualidade e respeito ao meio ambiente. Recentemente, na Feira Internacional de Madri, a República Dominicana anunciou a certificação de três de suas praias. Com estas, o país passa a ter quatro praias com a certificação internacional de Bandeira Azul.

Embora o Brasil possua mais de 8.000 km de costa marítima, apenas a praia do Jurerê Internacional, em Florianópolis, possui a certificação. A Marina Meliá, em Angra dos Reis, assim como a Praia do Tombo, também é candidata à aprovação.

O secretário de turismo de Guarujá, Valter Batista, apresentou ao Ministério do Turismo o projeto para a urbanização da Praia do Tombo, a primeira praia do litoral paulista a concorrer a essa certificação internacional, segundo o secretário “muitos quesitos de qualidade, de acessibilidade e outros, precisam ser cumpridos para alcançarmos o objetivo, mas considero que a qualificação da infra-estrutura e a melhora na qualidade dos serviços de atendimento aos turistas nos permitirão chegar lá. No que depender de nós, a Praia do Tombo estará entre as melhores do mundo, e servirá de referência para outros projetos da mesma natureza", afirmou o secretário.

O resultado deve sair em novembro deste ano, e as três candidatas podem receber a certificação internacional de Bandeira Azul. Não há um limite para a premiação, tanto que a Espanha tem 521 praias e 84 marinas com o título.

Os três finalistas brasileiros passaram por uma triagem inicial de 12 praias, agora só falta à presença de um fiscal internacional para decidir a homologação.

"Um dos motivos da escolha é que a Praia do Tombo apresentou a melhor balneabilidade nos últimos quatro anos" diz Heloísa Prado Pinto, coordenadora da Praia do Tombo.